28 de fev de 2011

Criando meu primeiro projeto no Maven

Para a criação de um projeto é necessário definir seu arquivo de configuração, conhecido como POM. Neste arquivo encontram-se todas as informações sobre o projeto o qual o Maven fará a sua gerência. Seguindo os padrões, este arquivo deve estar na pasta raiz do projeto e se chamar “pom.xml”(Veremos mais a frente que isto não é necessário quando temos um projeto que não foi construído na estrutura padrão do Maven)..
Abaixo segue o POM de exemplo:
<project xmlns="http://maven.apache.org/POM/4.0.0" xmlns:xsi="http://www.w3.org/2001/XMLSchema-instance" xsi:schemaLocation="http://maven.apache.org/POM/4.0.0 http://maven.apache.org/xsd/maven-4.0.0.xsd">
<modelVersion>4.0.0</modelVersion>
<groupId>org.maven3.tutorial</groupId>
<artifactId>first.project</artifactId>
<name>Maven 3 Tutorial</name>
<version>1.0</version>
<packaging>jar</packaging>
<description>simple description here</description>
</project>

A tag inicial da configuração é o <project />, ela contém todas as informações do projeto, nesta tag também temos a definição da versão utilizada  assim como as regras das tags que podem ser utilizadas dentro deste xml.

A próxima tag é a <modelVersion/>. Esta define a versão do arquivo de configuração do Maven. No caso do Maven 3 ainda é utilizado a versão 4.0.0. Esta tag é obrigatória para que a ferramenta identifique qual a estrutura do documento.

A tag seguinte é a <groupId/>, indica o grupo de projetos onde este projeto estará associado. É uma forma de organizar mais simples vários projetos dentro de uma mesma empresa e/ou grupo de desenvolvedores. Quando você trabalha com várias aplicações, cada uma com vários módulos é muito importante definir grupos para facilitar a organização e identificação de cada parte dentro do contexto geral do seu trabalho.

A próxima tag é a <artifactId/>, esta define o projeto atual. Podemos dizer que é como um módulo dentro de uma aplicação.

A tag <name/> como seu próprio nome diz indica o nome amigável do seu projeto. No nosso caso foi utilizado Maven 3 Tutorial.

A tag <version/> indica qual versão está sendo criado. Esta tag é muito útil quando lançamos uma nova versão e queremos garantir que todos que utilizam versões anteriores não sejam impactados pelas mudanças aplicadas. Apenas se atualizarem a versão é que terão acesso as mudanças.

A tag <packaging/> define o tipo de artefato a ser gerado. No nosso exemplo foi definido que o pacote a ser gerado será do tipo jar. Quando também não definimos esta tag é assumido que será usada a tag jar(padrão). Os tipos de projetos atuais que podem ser definidos na tag <packaging/> são pom, jar, maven-plugin, ejb, war, ear, rar e par. Estas opções definem uma lista de tarefas que serão executadas conforme cada estágio de ciclo de vida do projeto conforme as suas características particulares.

Terminando, a tag <description/> é uma breve descrição que define as características principais do projeto a ser construído.

Basicamente estas tags são as principais que encontramos em todos os projetos.
Pesquisa personalizada

0 comentários:

Postar um comentário

Leia as regras:
Todos os comentários são lidos e moderados previamente.
Apenas os que respeitam as regras abaixo serão publicados:
- o comentário deve estar relacionado ao assunto do post
- não serão aceitos palavrões e ofensas ao redator do blog ou a terceiros
- não inclua links desnecessários no conteúdo do comentário
- se quiser deixar sua url, comente com a opção OpenId
Obs.: os comentários dos leitores não refletem a opnião do blog.