27 de mar de 2011

O que o Maven faz que não posso fazer no Ant?

Esta é uma pergunta de muitos, os que não conhecem o Maven por Exemplo, quem sabe talvez os conservadores também?

O Maven não faz nada além do que você mesmo possa fazer através do Ant.
A diferença é que o Maven fica responsável por tarefas que você tem que criar através do Ant. Na prática por exemplo, sabemos que para criar testes unitários via ant é necessário um certo esforço. No Maven isto já está nativamente disponível em seu projeto apenas executando o comando mvn test. Ele automaticamente compila o código necessário e cria o ambiente de testes unitário conforme as classes de Testes previamente definidas e finalmente testa as classes. Simples não? Imagine fazer isto na mão?
O maven também possui centenas( já disse antes: por que não milhares?) de plugins ou wizards prontos para o seu uso. A quantidade de plugins do maven é superior(e muito) a quantidade de Ant Tasks disponíveis.
No Ant por exemplo, se é crida uma nova Ant Task e você quer usá-la é necessário fazer o download dos pacotes necessários e configurar no build.xml. Esta prática no Maven pode ser automática, sem a necessidade de ficar verificando uma nova versão, downloads e configurações. Isto é automático.
Os pontos aqui informados não são pessoais. Eu uso o Ant também e ele é muito bom no que se propõe a fazer porém em alguns momentos é melhor verificar o que o Maven pode agregar em cada caso.
Por favor contribua com mais diferenças entre Maven e Ant nesta postagem!
Pesquisa personalizada

0 comentários:

Postar um comentário

Leia as regras:
Todos os comentários são lidos e moderados previamente.
Apenas os que respeitam as regras abaixo serão publicados:
- o comentário deve estar relacionado ao assunto do post
- não serão aceitos palavrões e ofensas ao redator do blog ou a terceiros
- não inclua links desnecessários no conteúdo do comentário
- se quiser deixar sua url, comente com a opção OpenId
Obs.: os comentários dos leitores não refletem a opnião do blog.